O que é Radiestesia?

“Para muitos de nossos contemporâneos o radiestesista é um sujeito meio louco que, com uma bola na ponta de um fio, encontra – ou não – uma série de coisas dissimuladas para o mortal comum. Daí o matiz pejorativo que colore frequentemente a radiestesia junto às pessoas que se supõe sensatas.

Será necessário, portanto, correr o risco de parecer-se com esse indivíduo… Os meios da radiestesia são, com efeito, os únicos, atualmente, que nos permitem penetrar esse mundo vibratório um pouco misterioso onde mergulham as raízes do vivo, o mundo das ondas de forma.”

Jean de La Foye, “Ondas de Vida Ondas de Morte”

Radius = radiação
Aesthesis = sensibilidade

Radiestesia significa a sensibilidade a toda uma gama de radiações e ondas não perceptíveis pelos sentidos físicos do homem. É a percepção dos campos de energia que nos cercam pelos sentidos sutis, que todas as pessoas possuem e podem exercitar.

A radiestesia, no campo da arquitetura, nos permite identificar, localizar e então neutralizar as energias nocivas à nossa saúde presentes nas construções. Essas energias podem ter causas naturais, como falhas geológicas e cursos d’água subterrâneos; ou criadas pelo homem, como torres de alta-tensão e microondas.

O pêndulo ou as varetas são usados na radiestesia e na geobiologia como amplificadores das respostas do organismo às diversas interferências externas. Um código pré-fixado pelo pesquisador determina o significado dos diferentes movimentos do instrumento, confirmando ou não a presença do tipo de energia com o qual nos sintonizamos mentalmente.

Após localizar a posição exata de ocorrência de um determinado tipo de onda nociva, temos a opção de posicionar nossas camas e mesas de trabalho – ou qualquer local de longa permanência – em áreas livres de influências prejudiciais. Podemos também utilizar métodos de correção, como neutralizar as ondas nocivas com a utilização de formas geométricas específicas. A esse trabalho, dá-se o nome de radiônica, que é a emissão ondas de uma determinada frequência vibratória a partir de gráficos, criados e desenvolvidos ao longo dos milênios, cada um capaz de agir sobre um tipo de onda nociva. As ondas criadas por esses gráficos são chamadas de Ondas de Forma.

 


O conteúdo deste site é protegido pela Lei de Direitos Autorais (9.610/98) e pela lei do carma. Ao compartilhar integral ou parcialmente, cite a fonte.

Deixe um comentário

Usar conta do...



Esqueceu sua senha? Preencha com seu e-mail ou nome de usuário, e você receberá por e-mail um link para criar uma nova senha.
Para criar uma conta, clique em Minha Conta no menu principal.
Rolar para cima