Geobiologia – A Medicina do Habitat

Geobiologia Druida, também conhecida como “Arte dos Zahorís”, é uma arte energética que harmoniza as energias do Céu e da Terra, facilitando o desenvolvimento espiritual e a regeneração do Ser Humano. Em épocas remotas, este modo de se relacionar com a realidade era um fato universal. Todas as culturas antigas usaram um sistema similar para encontrar e desenvolver locais sagrados e para construir casas e cidades.

O que é Radiestesia?

“Para muitos de nossos contemporâneos o radiestesista é um sujeito meio louco que, com uma bola na ponta de um fio, encontra – ou não – uma série de coisas dissimuladas para o mortal comum. Daí o matiz pejorativo que colore frequentemente a radiestesia junto às pessoas que se supõe sensatas.

Será necessário, portanto, correr o risco de parecer-se com esse indivíduo… Os meios da radiestesia são, com efeito, os únicos, atualmente, que nos permitem penetrar esse mundo vibratório um pouco misterioso onde mergulham as raízes do vivo, o mundo das ondas de forma.”

Dividir uma Casa em 9 Retângulos ou 8 Fatias

Este parece ser um assunto controverso. As duas maneiras de analisar o feng shui de uma casa possuem bases diferentes. Compará-las é como comparas maçãs e laranjas. Leia adiante para ver de que se trata cada método e decida você mesmo qual seguir.

Antes de uma casa ser construída, o qi do Céu e o qi da Terra encontram-se na superfície da terra. Quando uma casa é construída, o Homem está construindo a casa na Terra, sob o Céu. Cria-se então o que se conhece como Coração do Céu. Um mapa de estrelas pode ser desenhado para a casa, de acordo com as direções de face e assentamento da casa. Este mapa não pode ser modificado até que seja alterado o Coração do Céu. Isto pode ser feito por algo equivalente a reconstruir a casa para dar-lhe uma nova vida. Essa é uma outra questão complicada.

Feng Shui Tradicional Chinês x Chapéu Preto

Nas últimas décadas nós, ocidentais, fomos apresentados ao Feng Shui e a muitos outros conhecimentos de origem chinesa. Conceitos filosóficos ou de saúde já puderam ser, aos poucos, melhor assimilados por nossa mente lógica. O Feng Shui, no entanto, tem sido protagonista de diversas controvérsias, por nossa dificuldade em transportar 3.000 anos de pensamento oriental para o nosso ambiente físico.

As questões mais frequentes relacionam-se ao popular Feng Shui do Chapéu Preto, chamado por Mestres Chineses de Pseudo-Feng Shui ou “Fast Food Feng Shui”.

Nem Todo Feng Shui é Chinês

Sempre vemos o Feng Shui ser definido como uma arte Chinesa de harmonização de ambientes, mas nem todo Feng Shui é Chinês. Por exemplo, o Feng Shui do Chapéu Preto, o mais divulgado no Brasil, tem origem Tibetana. Seu nome completo é “Feng Shui da Seita do Chapéu Preto do Budismo Tântrico Tibetano” e seu maior difusor no Ocidente é o Mestre Lin Yun (1). Vejamos a definição desse tipo de Feng Shui dada por Sarah Rossbah (2), a mais famosa discípula de Lin Yun:

Feng Shui no Ambiente de Trabalho

O Feng Shui é uma combinação de arte e ciência, praticada na China há mais de três mil anos, cujo objetivo é manipular as energias do ambiente para que ele exerça a melhor influência possível sobre seus ocupantes. Ele pode ser trabalhado com igual eficiência em residências e ambientes de trabalho.

Harmonia e equilíbrio são importantes conceitos que, quando aplicados ao local de trabalho, promovem um ambiente de cooperação, aumentando a produtividade e, mais importante, potencializando energias positivas para a empresa.

Feng Shui – Perguntas e Respostas

•  O Feng Shui faz parte de alguma religião?

Apesar do tom esotérico com que a mídia trata o Feng Shui, ele é uma ciência metafísica Chinesa. Não uma ciência como estamos acostumados no mundo ocidental, mas originada da observação da natureza durante alguns milênios. O Feng Shui existe e tem se aperfeiçoado por 3 mil anos.

Feng Shui – Mitos e Verdades

Recentemente chegou-me às mãos um artigo impresso que se propunha a esclarecer mitos e verdades sobre o Feng Shui. Infelizmente, tal artigo, ao invés de esclarecer, acabava reforçando idéias equivocadas sobre essa magnífica técnica chinesa.

Resolvi, então, tecer comentários sobre alguns pontos básicos abordados no artigo. Não menciono a publicação nem seu autor, pois não tenho intenção de atacar nenhum profissional ou instituição. Meu objetivo é esclarecer aos interessados no feng shui, sejam iniciantes ou nem tanto, e até mesmo aos céticos, o que ele realmente representa.

Do NOT follow this link or you will be banned from the site! Rolar para cima